A Esperança e as Comunicações

11 fev 2019
Ministro Marcos Pontes

Com o novo governo instalado, renasce no radiodifusor a esperança em dias melhores para a Comunicação de maneira geral. Ha muito tempo não se tem aberto um edital para Rádios Comerciais, a migração das AMs para a faixa das FMs aguarda em muitos casos até hoje a designação de canais para a migração, posto que o espectro está congestionado. Para as Rádios Comunitárias é preciso haver uma reformulação desde os servidores disponíveis até o cadastro das emissoras autorizadas. Muitas das Rádios Comunitárias autorizadas a funcionar mudaram de local sem o respectivo projeto técnico e hoje o Ministério não sabe onde as mesmas se encontram, tendo que valer-se de publicações no Diário Oficial da União para as intimações, uma vez que perderam o contato com as entidades, o que culminou em Dezembro último com a publicação da cassação de mais de 100 emissoras de Rádio Comunitária. Os servidores responsáveis pelas análises de processos formulam exigências que ja foram cumpridas, não enxergam um palmo diante do nariz e acabam por complicar a ja difícil vida dos operadores de Rádio Comunitária. Com a lisura da nova gestão e a capacidade indiscutível do Ministro Marcos Pontes, espera o radiodifusor que o Ministério possa passar a ter o respeito que sempre teve, que aliado à competência de outrora que se espera nesta nova administração, possamos ter também a prestação de um serviço de radiodifusão de qualidade e sem sobressaltos.

Ivan Alves

1
escrito por

Gerente

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vivamus maximus sit amet nulla nec aliquet. Suspendisse id sapien suscipit lorem tristique blandit.

Comentários

Deixe seu comentário

Leia também