Para ministro, migração para frequência FM garante empregos no setor de radiodifusão

11 nov 2016

Segundo Gilberto Kassab, mudança de faixa traz confiança para investimentos e novas contratações no setor de radiodifusão. Solenidade no Palácio do Planalto marcou a migração de 244 emissoras de rádio de todo o país.

A mudança de 244 rádios AM para a faixa FM é um momento especial para o setor de comunicações no Brasil e vai atender a uma população de 25 milhões de pessoas com um serviço de mais qualidade. A afirmação do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, foi feita nesta segunda-feira (7), no Palácio do Planalto, durante solenidade de assinatura dos termos aditivos que vão permitir a migração de faixa. A solenidade, realizada no Dia do Radialista, contou com a participação de autoridades do governo e representantes do setor de radiodifusão.

“Essa migração não é apenas uma mudança no campo tecnológico. Ela vai trazer aos radiodifusores confiança para investir, vai gerar a consolidação dos atuais empregos e a oportunidade de novas contratações”, disse o ministro.

Kassab ressaltou que a migração das AMs é uma das prioridades do governo e a melhoria do serviço de comunicação impacta diretamente áreas importantes como educação e saúde.

A mudança de faixa vai permitir a modernização e a continuidade das transmissões das rádios, que terão mais qualidade de sinal e poderão ser sintonizadas em dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Cerca de 80% das emissoras AM do país pediram para migrar para a frequência FM, um processo que começou em 2013.

1
escrito por

Gerente

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vivamus maximus sit amet nulla nec aliquet. Suspendisse id sapien suscipit lorem tristique blandit.

Comentários

Deixe seu comentário

Leia também